Criostato Automático e Semi modelo série Minux® FS800A e FS800 – RWD
11/10/2021

Sistema de Imagem Pré-Clínico Opto acústico por Mesoscopia Explorer P50 – iThera

Descrição

Download do Catálogo

SISTEMA DE IMAGEM PRÉ-CLÍNICO OPTOACOÚSTICO PARA PEQUENOS ANIMAIS  (RSOM) modelo Explorer P50
• Mesoscopia optoacústica para pesquisa pré-clínica
• Alta resolução em vários milímetros de profundidade
• Visualização da microvasculatura

TECNOLOGIA:

SISTEMA DE IMAGEM

• Sistema de carrinho móvel de dimensões pequenas
• Câmara de imagem à prova de luz
• Câmera para supervisão de animal / experimento
• Cama para animal com temperatura controlada
• Suprimento de anestesia integrado

FLUXO DE TRABALHO DE IMAGENS

• Iluminação do tecido com pulsos de laser de nano segundos
• Detecção de sinal acústico de largura de banda ultra larga
• Visualização ao vivo de seção transversal
• Reconstrução de imagem de banda multifrequencial
• MIP (projeção de intensidade máxima) e visualização 3D
• Exportação de dados e imagens para quantificação

OPÇÕES E ACESSÓRIOS
Opções:
• Iluminação multiespectral (atualmente em desenvolvimento)
• Treinamento avançado de usuário
Acessórios:
• Membranas de acoplamento
• Kit de usuário RSOM
• Sistema de anestesia

APLICAÇÕES:
A avaliação precisa da microvasculatura superficial é crítica para o diagnóstico e monitoramento do tratamento de certas doenças. O sistema RSOM, em comparação com as modalidades de imagem convencionais, visualiza a microvasculatura sem a necessidade de agentes de contraste exógenos, explorando a absorbância intrínseca da hemoglobina. Ao utilizar excitação de laser pulsado em nano segundos e detecção acústica de alta frequência, uma resolução de até 10 μm pode ser alcançada, em vários milímetros de profundidade.
O sistema RSOM foi aplicado em uma variedade de aplicações pré-clínicas, incluindo os exemplos abaixo:

CRESCIMENTO DE TUMORES
Angiogênese em tumor de melanoma
O RSOM foi usado para representar não invasivamente o crescimento do tumor de melanoma (B16F10) (arrow) e angiogênese na rede vascular circundante em um modelo de camundongo ao longo do tempo. Esses insights facilitam uma melhor compreensão dos processos dinâmicos na progressão do câncer e avaliação do tratamento
RESPOSTA À TERAPIA
Inibição da angiogênese com Bevacizumabe
O tratamento anti-VEGF com o anticorpo Bevacizumabe foi monitorado com RSOM ao longo de 7 dias em um modelo de camundongo com carcinoma de cólon. A inibição da angiogênese e destruição dos vasos sanguíneos (arrow) é mostrada nas imagens com um ligeiro aumento da microvasculatura após 7 dias.
INFLAMAÇÃO
Doença inflamatória intestinal (DII) – Colite
O RSOM é capaz de realizar imagens gastrointestinais in vivo de alta resolução visualizando diferentes morfologias vasculares na parede do cólon de camundongos C57BL / 6 com colite induzida por sulfato de sódio dextrano versus camundongos controle saudáveis. Imagens volumétricas em 3D mostram estruturas vasculares maiores e maior volume de sangue no cólon inflamado.
RASTREAMENTO DE CÉLULAS
Rastreamento in vivo de células T CD4 + CD25- marcadas
O RSOM transabdominal foi empregado para detectar células CD4 + CD25- recentemente isoladas e marcadas com fluorescência (Cell tracer) que foram injetadas intraperitonealmente em camundongos com colite induzida. Um maior número de microestruturas, refletindo as células T marcadas, foi visto em RSOM em comparação com ratos de controle injetados com células T não marcadas.

MAIORES DETALHES E ESPECIFICAÇÕES ENCONTRAM-SE NO CATÁLOGO ANEXO